terça-feira, 26 de Abril de 2011

Poema 20




Os meus olhos olham nos teus olhos.
Vejo olhos transparentes, carentes e brilhantes.
Transparentes como a água, que mostra tudo o que nela vai.
Carentes de carinho, atenção e amor.
Brilhantes como uma criança que recebe um brinquedo.

Olho para os teus lábios.
Vejo lábios sedentos, verdadeiros e ternurentos.
Sedentos de beijar e de serem beijados.
Verdadeiros porque apenas falam a verdade.
Ternurentos porque quando te beijo sinto todo o carinho e ternura que nutres.

Quando sorris, vejo um sorriso encantador, luminoso e feliz.
Encantador porque ver-te sorrir é como ver o pôr-do-sol.
Luminoso porque partilha do mesmo brilho que o teu o olhar.
Feliz porque quando sorris é a sério, não és falso.

Sinto o teu coração...
Um coração bom, acolhedor e amoroso.
Bom porque dás-me tudo o que eu preciso, sem pedires nada em troca.
Acolhedor porque estou muito bem hospedada.
Amoroso porque me sabes tratar com muito amor.

Sinto o teu corpo...
Um corpo quente, protector e faminto.
Quente como o sol que me aquece.
Protector porque me defendes de todo o mal.
Faminto porque tens uma fome enorme de me amar.

Adoro a tua maneira de ser.
És querido, determinado e divertido.
Querido porque és sempre muito carinhoso comigo.
Determinado porque sabes bem o que queres e o que tens de fazer para o conseguires.
Divertido porque sabes fazer-me rir e sorrir como ninguém.

Depois de tudo isto, só posso dizer uma última coisa...
Como ser humano és incrível, maravilhoso e único!
Ainda bem que és assim e continua a se-lo.
Fazem falta pessoas como tu, no meio desta imundice de pessoas neste mundo.

by Bluemoon

5 comentários:

  1. Minha querida

    Lindo o teu poema, cheio de sentimento de ternura e muito amor, adorei e deixo um beijinho com carinho.

    Sonhadora

    ResponderEliminar
  2. Oi minha querida, que poema mais lindo, adorei, uma tarde maravilhora para vc. bjus...

    ResponderEliminar
  3. Obrigada pelos comentários :)

    Beijos para ambas!

    ResponderEliminar
  4. Passei para a ler e agradecer a visita ao Poesia Portuguesa.
    Com calma virei visitar-te para apreciar a fundo a tua poesia.
    Um abraço e boa semana

    ResponderEliminar
  5. Obrigada também pela visita ao meu blog!

    Beijo!

    ResponderEliminar